18 de maio de 2009

Vampiros

Dizem que o Conde Drácula foi inspirado numa pessoa real, um certo Vlad III, O Impalador, conhecido como Draculea - o filho do dragão.

Esse cara existiu mesmo, era príncipe numa região que hoje fica na Romênia. Dizem que o cara era implacável com os inimigos e por isso que dura até hoje a sua fama de vampiro.

E por mais que pareça ficção, preciso contar uma coisa para vocês: VAMPIROS EXISTEM!!

Sim! Eles estão por aí! Mas não chupam o sangue de suas vítimas. O que eles sugam é a energia. Basta você estar bem que a criaturinha aparece para te deixar pra baixo.

E muitas vezes não é por mal. É a natureza deles. A maior parte dos vampiros não escolheu ser assim. Eles apenas são. A felicidade dos outros lhes incomoda. Então eles aparecem e sem fazer nenhum esforço sugam tudo o que você emana de bom.

Como eu sei tudo isso? Eu tenho uma vampirinha "de estimação". Basta eu dar uma respirada mais feliz que a criatura aparece e leva um pouquinho da minha alegria. Infelizmente não há alho, água benta ou crucifixo que espante esses monstrengos.

Só nos resta mesmo perceber e dar um basta nessa sugação. Fazer dos próprios pensamentos um escudo e se proteger do vampirismo, sem precisar de estaca de madeira ou outros apetrechos do Dr. Van Helsing.

6 comentários:

Fofa disse...

Nossa, como eu entendo essa coisa de vampirinho de estimação...

Ui...

Mas Leozinho, sabe o que eu admiro a cada dia mais em vc? Sua capacidade de mesmo sendo quase que completamente "sugado", arregaçar as mangas e seguir em frente!E vc ainda vai me dizer que não é especial?

Olha só!
Vinho da Sra J, Vinho do Tio!
Quer saber?
Vinhos nossos! E que bom que vc estava lá!
No fundo sabemos as pessoas especiais que podem dividir esses momentos com a gente!

Adoro vc!

Beijocas

bluegirl disse...

A gente sempre chorando junto.... ai ai
Pode linkar! Me linka que eu te linko! hohohoho

Saudadona.
Beijos

Calcinha combinando... disse...

Uhhhhmmmmm.... Já ouvi esse petardo, hein!!!! rsrsrs

Uma hora eles desistem, basta ver que não conseguem nos sugar mais e vão atacar em outra freguesia.

Mantenha-se forte!!!!!!

Bjuuuuuuuuu

Marina disse...

Os vampiros que eu pude cortar do meu convívio, eu cortei sem dó. Chegou uma época em que eu tinha vergonha da minha felicidade, de tanto que a pessoa a censurava; como se felicidade fosse só uma e tivesse feito da minha vida sua morada constante. Cheguei a ver a pessoa ficar realmente triste com uma notícia boa para mim, embora ela tentasse disfarçar.

Não quero essas pessoas na minha vida. Ela já é difícil demais sem ninguém para tirar meu sangue.

Abraço.

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Quem não teo seu, né?????
O impoprtante é se fortalecer para seguir em frente.
Beijocas nossas,

Leonardo disse...

Fofa,

É isso aí. Nossos vinhos. E quem quiser tomar com a gente: saúde!

Beijo


Bluegirl,

Tá linkado, mina?? hehehe

Saudadona também! Beijo


Rapha,

Vc vê que vampiro não larga fácil não né? Eu não sei se eles desistem, mas eu cansei de ser sugado!

Beijo


Marina,

Não consigo deixar de ficar triste pelos vampiros... Se preocupam mais com os outros do que com eles mesmos. Mas mesmo assim também não vampiros na minha vida.

Beijo


Rostinhos,

Fortalecidos, não há vampiro que possa nos sugar!

Beijo e obrigado pela visita!