11 de novembro de 2008

Atordoado

Por que as coisas não acontecem mais devagar?? Parece que tem que ser sempre tudo ao mesmo tempo agora!

De uma hora para outra o que parecia ser uma navegada em águas tranquilas vira uma regata em meio a uma tormenta. Novos fatores aparecem na equação, velhos ressurgem e de repente a vida vem com tudo para me lembrar de como ela é feita de decisões.

Se a vida fosse um filme, hoje eu apertava pause!

6 comentários:

Calcinha combinando... disse...

É, meu querido, mas sempre devemos nos lembrar que nada (mas nadinha mesmo) acontece por acaso! E decisões fazem parte do pacote. Aliás, acho que a gente deveria encarar isso como a melhor parte: imagina se não nos fosse permitido optar, escolher. Aí é que a gente estaria fu...
No mais, é respirar fundo, pedir sabedoria e torcer pra tudo dar certo no final.
Continuo na torcida!!!!!!
Bjus

Calcinha combinando... disse...

Ah, e só pra completar: resolver tudoaomesmotempoagora é pra poucos... Tem gente que (como eu) é ligada no 220, outros estão em 110. Será que é alguma vantagem voltagem baixa? Ou será que aí quando a pessoa se dá conta: pluft, passou! ???
Mais bjus

Dri Viaro disse...

Tudo na vida tem seus altos e baixos, amanha vc tá por cima de novo

bjao

o casalqseama* disse...

ahhhhh, é sempre um turbilhão de acontecimentos, com certeza eu apertaria o pause váááárias vezes!


rsrs

bjs da fê =D

Gis disse...

Aperta o pause mesmo. Vai lá no banheiro, tranca a porta, respira fundo e tenta meditar um pouco ou pedir uma luz pra quem tu tem fé. No mínimo, tira o foco do problema... ;-) Bjos e espero tua participação no 1 ano da Caixa de Gis (viste o post de hoje? me expus pra caramba... tava com medo... mas o retorno está sendo legal)

paulinha disse...

Vc tem vontade de apertar o pause?
Qdo minha vida tá um caos minha vontade é sempre de apertar o fast-forward! Quero logo me livrar do problema! Sempre, sempre!
Mas no fim não dá pra fazer nem um nem o outro, o jeito é ter paciência, tomar a difícil decisão e esperar pra ver o resultado... C'est la vie!