22 de julho de 2009

Na Natureza Selvagem - Mais um filme para pensar

Se tem alguma coisa que mantém a média de visitas ao blog em incríveis 12 pessoas por dia, são os posts sobre filmes. Quem me contou foi o sitemeter...

Eu não tenho nenhuma pretensão de ser crítico de filmes. Mas eu adoro cinema e se as pessoas querem saber sobre filmes para pensar, lá vou eu falar de mais um.



Na Natureza Selvagem (Into the Wild, EUA, 2007) foi um dos filmes que mais gostei de ver no ano passado. Conta a história verídica de Christopher McCandless, um jovem de classe média-alta, recém formado na universidade, que deixa sua vida estável para trás e embarca numa aventura cruzando os EUA para viver na natureza.

O filme foi muito bem dirigido pelo Sean Penn, tem uma fotografia fantástica com paisagens de tirar o fôlego, conta com uma trilha sonora excelente assinada pelo Eddie Vedder e uma atuação muito boa e madura do Emile Hirsch na pele do Christopher McCandless, além do simpático veterano vivido por Hal Holbrook que inclusive concorreu ao Oscar pelo papel.

Impossível não ver o filme sem pensar no vazio interior que motivou o cara a se lançar nessa aventura, no que leva uma pessoa a largar tudo, nas razões para abandonar a família sem dar nenhum sinal. Impossível não se emocionar com a forma com que ele tocou a vida de quem cruzou com ele pelo caminho.

Portanto se você veio aqui procurando um filme para pensar, aí vai mais uma dica!

6 comentários:

Fofa disse...

HD funcionando, sweetie? rs

Tenho uma lista de filmes pra ver!

Affe!
Esse será mais um deles!

Beijocas

PS: Nem posso pensar em vazio interno!

Crystal disse...

Coincidencia...

Como adoro Pearl Jam um amigo me passou a trilha sonora do filme, me interessei pela historia e assisti na semana passada!

Muito bom, realmente é um filme pra pensar!

Beijos

Petitinha disse...

Oi Léo,
esse eu já assisti e acho realmente muito bom, é pra pensar mesmo.
Fiquei pensando na frase que ele escreveu no final " a felicidade só é real quando pode ser compartilhada", me fez perceber o quanto eu tenho sido egoísta em certas situações ultimamente, é aquela coisa da liberdade de que falávamos alguns posts atrás, ser livre e respeitar a liberdade do outro, vou fazer disso um mantra.
Você só assiste filmes super ultra legais ou você gosta de compartilhar conosco só o melhor?
BJOKS.

Nana disse...

Ahhhh esse filme é o MÁXIMO e eu assisti umas 3 vezes. Sensível, delicado, uma lição. Pura viagem ao encontro de si mesmo!! Quando assisti e o filme terminou, lembro de ter pensado: foi exatamente neste momento que ele se encontrou.
Existencial ao máximo, um ode à solidão construtiva do ser. AMEI!!

Leonardo disse...

Fofa,

Pode deixar esse filme na lista! Sem medo de vazio interior!

Beijo


Crystal,

Esse foi mais um que peguei a trilha antes mesmo de ver o filme. É um daqueles para se viajar na música e na história...

Beijo


Daiana,

Pra falar a verdade eu gosto tanto de cinema que eu vejo tudo que é filme. Até filme trash! hehehe
Mas não se preocupe que esses eu não vou recomendar aqui!

Beijo


Nana,

Eu já assisti duas e com certeza vou colocá-lo em breve na minha coleção. É um filmão né?

Beijo

Gis disse...

Esse eu não vi quando saiu no cinema por absoluta falta de tempo e depois esqueci. Vou tentar baixar agora mesmo! Bjo.